Requerimento Seguro Desemprego 2021: Como solicitar, Documentos necessários

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre o requerimento Seguro Desemprego 2021. Se você possuía carteira assinada e foi dispensado sem justa causa, confira a seguir como solicitar requerimento Seguro Desemprego 2021. Confira o texto abaixo e descubra como realizar o procedimento.

Requerimento Seguro Desemprego

Requerimento Seguro Desemprego

Após ser dispensando, o trabalhador deverá encaminhar o seguro desemprego entre 7 a 120 dias após a dispensa para não perder o direito a receber o auxílio desemprego. Segundo a lei do seguro desemprego, o trabalhador que receber uma oferta de trabalho através da secretaria do trabalho não poderá recusar ser admitido pelo empregador.


O que é o Requerimento Seguro Desemprego 2021?

O Requerimento do Seguro Desemprego 2021 é um documento essencial para que o trabalhador tenha direito a sacar o seu seguro.

Antigamente, esse documento era emitido na forma de papel, mas hoje sua emissão é feita pelo empregador por meio digital e processada diretamente pelo Ministério do Trabalho.

Requerimento Seguro Desemprego 2021

Requerimento Seguro Desemprego 2021

Se você quer consultar a o requerimento, veja como realizar a consulta da habilitação seguro desemprego 2021.


Como Solicitar o Seguro Desemprego 2021 – Passo a Passo

Primeiramente o trabalhador vai precisar solicitar o agendamento do seguro desemprego no órgão responsável mais próximo:

  • Em São Paulo, o seguro desemprego pode ser encaminhado pelo Poupatempo;
  • No Rio de janeiro, o auxílio desemprego pode ser encaminhado pelo Rio Poupatempo;
  • No Rio Grande do Sul, o benefício deve ser solicitado pelo FGTAS ou Tudo Fácil;
  • Em outros estados, pode ser solicitado na secretaria ou posto de atendimento regional do Ministério do Trabalho

O segundo passo é solicitar ao empregador o formulário de solicitação online do seguro – o Requerimento Seguro Desemprego WEB (Via Branca);

O terceiro passo é separar todos os documentos necessários para a solicitação do seguro desemprego.


Documentos necessários para solicitar o seguro desemprego:

  • Cartão PASEP/PIS – Extrato atualizado ou próprio cartão cidadão do contribuinte;
  • CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Rescisão de Contrato de Trabalho;
  • Documento de Identificação original com foto – RG;
  • 6 Contracheques anteriores a demissão;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de Escolaridade;
  • Extratos dos depósitos do FGTS.

Depois que o trabalhador juntar todos os documentos acima, o mesmo deve ser encaminhar ao posto de atendimento do Ministério do Trabalho de sua cidade ou Região, no dia é no horário marcado no sistema de atendimento agendado.

Na central de atendimento será feita a verificação de todos os documentos e se aprovado, o trabalhador já sai da unidade poupa tempo com benefício assegurado.


Locais para Dar Entrada no Seguro Desemprego 2021

O trabalhador poderá encaminhar o Requerimento Seguro Desemprego em qualquer dos pontos à seguir:

  • Postos credenciados pelo MTE – Ministério do Trabalho​.
  • SINE – Sistema Nacional de Emprego;
  • Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego;

Atenção: Muitos dos postos de atendimento exigem o agendamento seguro desemprego 2021 prévio para encaminhamento.


Tabela do Seguro Desemprego 2021

O cálculo do seguro desemprego leva como referência os 3 últimos holerites do trabalhador, anteriormente ao desligamento do trabalhador.

Salário Médio Valor da Parcela
Salário Mínimo de 2021 Salário Mínimo de 2021
Menos que R$1.222,77 Multiplica-se salário médio por 0.8 (80%), sendo no mínimo o valor do salário mínimo
Entre R$1.222,78 e R$2.038,15 O que exceder a R$1.222,77 divide-se por 2 e soma-se a R$978,22
Mais que R$2.038,15 R$1.385,91

Quem tem direito ao seguro desemprego?

As novas regras do seguro desemprego 2021 foram implementadas em 2015, aonde passar a estar habilitando ao seguro desemprego, somente a funcionários dispensados sem justa causa que tenha vínculo empregatício com CPF/CNPJ.

  • O benefício é concedido no mercado de trabalho por pelo menos 18 meses ao último 24 meses antes da dispensa, essa regra do seguro desemprego só é válida para a primeira solicitação do seguro desemprego.
  • Trabalhadores que esteja no mínimo 12 meses ou no máximo 16 meses antes da data do desligamento, isso valido para a segunda solicitação;
  • Trabalhadores com 6 meses ou mais após a dispensa, a solicitação do seguro é imediata, sendo assim o contribuinte recebe o seguro desemprego.

O seguro desemprego é um benefício valido somente para os trabalhadores dispensados das suas atividades funcionais sem justa causa.

3 Comments

  1. Sara de jesus
    • Atendimento
  2. Adriano Martins

Leave a Reply