Seguro Desemprego Bloqueado ou Negado 2021

Em caso do seguro desemprego bloqueado ou negado 2021 existem alguns caminhos que você pode seguir para resolver totalmente esse problema. Isso porque, em muitos casos essa negativa ou bloqueio é algo errado, logo você pode recorrer com um recurso administrativo.

Afinal de contas, muitas vezes, ficar sem receber o seguro desemprego não é algo bom, especialmente quando você realmente tem direito sobre. Então, como existem muitas dúvidas relacionadas a esse assunto, veja abaixo como recorrer ao seguro desemprego bloqueado ao negado.

Seguro Desemprego Bloqueado ou Negado

Seguro Desemprego Bloqueado ou Negado 2021

Seguro Desemprego Bloqueado ou Negado

É necessário começar compreendendo do que se trata o seguro desemprego 2021.

Sendo assim, esteja ciente de que ele consiste em um direito que todo trabalhador com carteira assinada tem quando é demitido sem justa causa.

Dessa maneira, esse direito é pago em algumas parcelas do Seguro Desmprego 2021, que vão de 3 a 5, de forma contínua ou até mesmo alternada, tudo isso levando em consideração o tempo de trabalho.

Seguro Desemprego

Seguro Desemprego

Em função disso, pode dizer que esse é uma assistência paga de maneira temporária enquanto o trabalhador não estar atuando de forma formal.

No entanto, em alguns casos pode ser que o seguro desemprego seja bloqueado ou negado.

Nesse caso, ao fazer o cruzamento das informações cedidas, havendo alguma divergência, automaticamente acontece o pedido negado ou bloqueado.

Isso porque, as informações dos sistemas são cruzadas diretamente com os dados da Caixa Econômica Federal e também da Receita Federal.

Por conseguinte, tendo algo errado ou divergências nas informações cedidas, será necessário contestar e aí que muitas pessoas não sabem exatamente o que fazer.


Motivo para o seguro desemprego bloqueado ou negado

Existem diversos motivos para que o solicitante tenha o pedido do seguro desemprego bloqueado ou negado, veja abaixo os principais:

  • É necessário estar dentro dos requisitos, ou seja, ter sido demitido sem justa causa e ter recebido o salário por cerca de 12 meses no mínimo e não estar usufruindo de benefícios previdenciário;
  • Situação de reemprego, o direito é suspenso;
  • O trabalhador tem empresa no seu nome, mesmo que fechada. Então, nesse caso, é fundamental desvincular o Cadastro de Pessoa Jurídica (CNPJ) antes da demissão. Para isso, é fundamental buscar a Junta Comercial com todos os documentos necessários.
Porque o benefício é suspenso?

Porque o benefício é suspenso?


Como contestar o seguro-desemprego suspenso?

Agora que você viu tudo isso sobre o seguro desemprego bloqueado ou contestado, é importante compreender como proceder.

Isso quer dizer que agora você vai aprender exatamente como contestar esse tipo de situação.

Por conseguinte, tudo que você precisa fazer é seguir as etapas abaixo corretamente para fazer isso:

  • Entre com um recurso administrativo;
  • Assim o seu processo será analisado de forma mais detalhada pela Superintendências Regionais do Ministério do Trabalho juntamente com a Previdência Social;
  • Além disso, não esqueça de dar baixa no CNPJ comprovando assim quem não tem renda. Para isso, você deve fazer uma Declaração Simplificada de Pessoa Jurídica Inativa, o que pode ser feito através do próprio site da Receita Federal.

Lembrando que mesmo fazendo a contestação do seguro desemprego, ele pode ser negado novamente, o que vai ser necessário fazer o pedido de um novo recurso e aguardar cerca de 60 dias.

Leave a Reply